Contrato de Parceria

Os diretores do Sinta & Pró-Beleza Juliana Silva,  Márcio e Thiago Michelasi estão em Brasília cumprindo agenda em prol da regularização do trabalho no setor. Além de visita e reuniões com o Ministério do Trabalho e Emprego também acompanham a votação do PLC na sessão plenária que ocorre hoje, 22.03.2016.
O Sindicato Sinta & Pró-Beleza é uma das entidades lideres do movimento de defesa do projeto de lei, representando os interesses dos trabalhores envolvidos com o processo de regulamentação.
O sindicato defende que o PLC apenas ratifica aquilo que já existe na realidade dos salões de beleza e convenções coletivas da categoria, bem como deixa mas claras as obrigações tributárias dos salões e profissionais.
Acompanhe a tramitação no projeto no link www.senado.gov.br
Enviado do tablet Samsung.

ABC – Associação Brasileira de Cosmetologia

Associação Brasileira de Cosmetologia é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 10 de abril de 1973, com objetivo de promover o desenvolvimento da cosmetologia nacional. Formada por um grupo de profissionais das áreas de Farmácia, Química e afins, ligados a universidades e empresas de produto acabado e matérias-primas para a indústria de higiene pessoal, cosméticos e perfumes, a ABC promove atividades tecnológicas, científicas e de regulamentação em prol do setor. Sua atuação efetiva ao longo deste período foi de suma importância para o desenvolvimento dos setores tecnológico, científico e regulamentar do âmbito cosmético e de seus profissionais, participando de comitês, grupos técnicos, grupos de trabalhos e aconselhamento para as áreas de Vigilância Sanitária, Metrologia e Meio Ambiente, e no processo de integração ao Mercosul.
A ABC é representante oficial do Brasil junto à IFSCC (International Federation of Societies of Cosmetic Chemists) – sociedade que congrega cerca de 35 entidades internacionais, além de representar o Brasil junto à comunidade internacional científica da Cosmetologia, participando e promovendo atividades para o aperfeiçoamento da integração mundial e troca de informações.

Em 2010, o Brasil passa a ocupar o 7° lugar no ranking da IFSCC colocando o Brasil em posição de destaque perante à comunidade científica internacional. Para compor o ranking são considerados o número de associados de cada entidade membro e as respectivas contribuições científicas nos congressos da Federação.

FELASCCA ABC tam-bém é a representante oficial do Brasil na FELASCC – Federação Latinoamericana de Associações de Ciências Cosméticas – que congrega cerca de 11 entidades do setor na região, tendo o associado e Presidente da gestão 2013-2015 João Hansen como Revisor de Contas da FELASCC.

As indústrias e universidades do Brasil estão preocupadas com a qualidade técnica dos produtos e processos. E a ABC está cada vez mais empenhada em promover a cosmética nacional. Para isso, realiza intensivamente cursos de aprimoramento para os profissionais do setor e incentivado os autores de trabalhos para submeterem resumos nos eventos internacionais.
A ABC realiza regularmente conferências, palestras, workshops e cursos, além do tradicional Congresso Brasileiro de Cosmetologia, que acontece simultaneamente a maior exposição do setor na América Latina, a FCE Cosmetique que abrange os setores de matéria-prima, componentes, tecnologia e equipamentos de laboratório.

Saiba mais em:
http://www.abc-cosmetologia.org.br

Oscar da Beleza na América Latina

Da ABC – Cosmetologia

premio

O Prêmio Atualidade Cosmética chega à sua 23ª edição consagrado como o “Oscar” da Beleza na América Latina. Isso porque, antes de tudo, valoriza os profissionais que movem esse mercado. Pensando em todo o trabalho por trás do desenvolvimento de uma empresa ou de um produto, o Prêmio Atualidade Cosmética considera que todo o processo de avaliação deve ocorrer de maneira individual e justa.
Sempre buscando esta equidade, mantém seu regulamento sempre atualizado às novas realidades do mercado de perfumaria e de cosméticos no Brasil e no mundo. Assim, com regras claras e, sobretudo, respeitando todas as pessoas, empresas e entidades do setor, o Prêmio Atualidade Cosmética é séria referência brasileira e internacional de competição, e palco de certame justo e absolutamente construtivo para todos aqueles que o prestigiam por meio da realização de inscrições de produtos em suas categorias de julgamento, bem como para as empresas e pessoas que nele concorrem por meio de indicações recebidas do próprio mercado.

O Prêmio Atualidade Cosmética será realizado no Teatro Bradesco – uma das mais modernas casas de espetáculos do Brasil, com capacidade para receber mais de 1.000 pessoas, dentro do Bourbon Shopping, um dos centros comerciais mais sofisticados e bem frequentados da cidade de São Paulo.

Mais informações em:
http://cosmeticanews.com.br/premioatualidadecosmetica/

Mercado de Estética e Beleza em Alta Incentiva a Abertura de Franquias do Ramo

Segundo dados da Abihpec o mercado de beleza não foi afetado pela crise e cresceu 11% em 2014, registrando faturamento de R$ 101,7 bilhões.

Apesar da crise, o mercado de beleza segue otimista. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), este cresceu 11% ao ano e movimentou R$ 101 bilhões em 2014. O Brasil, terceiro maior mercado de beleza do mundo (EUA e Japão estão nos primeiros lugares), representa 9,4% do mercado consumidor de mundo. Outro dado interessante: segundo o Sebrae, entre os microempreendedores individuais (MEIs), a categoria que mais cresceu foi aquela ligada aos serviços da beleza.

Um dos principais cases do ramo, a rede D’pil Brasil, que é referência em fotodepilação (método indolor), espera pelo menos 30 novas unidades em 2015. “A D’pil Brasil tem a seu favor um mercado estabelecido. Com crise ou não, as pessoas querem ficar bonitas e com a autoestima lá em cima, logo nossos serviços têm mais chances de serem requisitados,” comenta o diretor executivo da rede, Marlon Sampaio. Hoje temos 311 franquias no Brasil, das quais 304 já estão abertas. É um número considerável para uma marca que tem menos de 10 anos de história. Só atingimos essa marca porque fomos bem recebidos,” complementa.

Além da fotodepilação, a D’pil Brasil oferece serviços de redução de medidas e tratamentos faciais como peeling, fototerapia de machas e de acne. “Qualquer cidade com mais de 30 mil habitantes tem potencial para receber uma unidade da marca,” explica Sampaio.

Sobre a D’pil Brasil

Rede de franquias brasileira referência e

dpil

m depilação por meio do método do IPL – Luz Intensa Pulsada possui 304 unidades ativas. Além de oferecer a fotodepilação, as franquias dispõem de tratamento de fotorrejuvenescimento de pele. Algumas unidades ainda contam com fototerapia de manchas e acne, peeling, limpeza de pele, vacuoterapia facial e redução de medidas.

Site:
www.dpilbrasil.com.br

HAIRCODE: TENDÊNCIAS

Da Taiff

haircode

Seu cabelo é sua identidade

Como você faz para transmitir sua essência? A beleza diz muito sobre uma pessoa e, assim como na moda, é pelo cabelo que ela expressa uma personalidade, uma cultura, sua autoestima e também uma determinada época. O cabelo é sua identidade, é o que
te define. Esse é o seu HairCode. Pensando nisso, buscamos referências nas tendências mais presentes no street style atual vindas dos anos 60, 70 e do movimento New Wave. Agora queremos saber: qual é o seu HairCode?

60’s

Em tons mais terrosos, é inspirando-se nos anos 60 que o retrô aparece mais à vontade. A perfeição é uma preocupação em todo o look, seja no terno bem alinhado, seja na maquiagem com traços bem delicados e definidos, mas, principalmente, no cabelo: apesar do volume, nenhum fio fica fora do lugar.

70’s

As clássicas gola rolê e boca de sino não podiam ficar de fora, mas os looks aparecem em tons mais discretos e sóbrios para levar toda a atenção para o cabelo. Muito volume, textura e libertação. O estilo certinho ficou na década passada.

New Wave

A experimentação musical marcou esse movimento influenciando o estilo de quem viveu o final dos anos 70. Hoje, o que aproveitamos dele é o ar de descontração e provocação, marcado pelas cores e pelo exagero nas formas, estampas e acessórios. Nessa onda, a make não tem medo de marcar as têmporas e misturar diferentes tons nas pálpebras, assim como o cabelo não tem regras. Nela, um coque alto e cheio de mechas que se entrelaçam e formam um penteado divertido e com muita textura. Nele, os fios modelados em um topete bem definido quase kitsch.

abelo: Rodrigo Gimenes / Modelos: Nahara Backes e Bruno Toste / Beleza: Ale Martins / Styling: Tony Muller / Fotografia: Fernando Mazz. Assistente de fotografia: Leo Mattos / Direção artística: Marcelo Meniquelli / Texto: Nathália Nhan.

Ela: Vestido: Pat Pat’s. Brincos: Eleonora Hsiung. Ele: Macacão e camiseta: Coca-Cola Clothing. Bandana: acervo

fonte original <HairCode – TAIFF>