Copa Angels Volley, A Superliga da Diversidade, rompe a barreira do preconceito e levanta bandeira da inclusão no Esporte!

Aconteceu no último final de semana a primeira copa nacional de volley da diversidade, chamada de Copa Angels Volley, a Superliga da Diversidade. O evento que contou com a participação de 11 equipes de todo Brasil, começou literalmente com o pé direito e status de grande evento!

No dia 03 de Agosto, sexta-Feira, a festa teve seu evento de abertura no Espaço 555 com o sorteios das chaves e horários dos jogos realizados pelas drag queens  Salete Campari e Marcia Pantera! O capitão da equipe e idealizador do nome Angels, Willy Montmann, fez um discurso emocionante de abertura que finalizou com a participação das Musas Angels e estrelas do volei nacional Jaqueline, Suelle e Fernanda Isis!  O coral LGBT da Câmara Brasil fez uma linda apresentação, seguida pelo som do DJ Zé Pedro, apresentação da cantora trans Leo Aquilla e o encerramento da noite com chave de ouro com o super show da Jojo Todynho!

A entrada do evento foi beneficente onde foi a arrecadado alimentos que serão destinados para Casa 1, centro de acolhimento de jovens LGBTQI+ expulsos de casa. O evento também contou com a presença de um carro da ONG Impulse realizando testes rápidos de HIV!

 

No sábado de manhã os jogos já começaram no ginásio Pedro Dell Antônia e todos foram surpreendidos com um lindo palco da The Week com djs tocando e a presença dos gogos boys Allan Gonçalves e Fernando Miguel que levantaram o ânimo dos presentes dançando, além de apresentações de grupos de stiletto e danças de rua!

 

 

 

 

 

 

Os jogos foram lindos, e contou com a presenças de diversas jogadoras e famosos! No domingo, dia do encerramento com as etapas finais, tivemos o time Fenerbouas como o grande campeão da copa, o time Angels Volley de vice e o time KMA em terceiro lugar!

A finalização do evento se deu com entregas de troféus e medalhas para os três primeiros colocados, além de um cheque de mil reais para o time campeão! Willy Montmann agradeceu a todos os presentes e compartilhou momentos de emoção contando tudo o que eles passaram para realizar o evento e da dor de terem perdido um integrante do time, além de orgulhosamente mostrar um banner com dezenas de empresas e órgãos públicos que abraçaram a causa e ajudaram o evento a ser realizado!

Logo após o encerramento, Ludmilla Anjos fez um mega show para os atletas campeões e presentes em Santo André!

Saiba mais visitando o Instagram do Angels Volley: www.instagram.com/angeslvolley

 

 

Créditos Fotográficos: Marília – Take For You

Imprensa: Michelasi Produções

Thauan Teixeira, o jogador gato, é a revelação do futebol brasileiro

Thauan Teixeira, com 21 anos de idade, 1.80 de altura e 80 quilos, chama a atenção por onde passa devido à sua beleza e simpatia.

Atleta profissional, Thauan tem conquistado o mercado do futebol nacional. Atualmente jogando no Andradina Futebol Clube, tem atraído olhares de times do Brasil e do mundo.

O jogador começou sua trajetória aos 13 anos de idade quando foi atuar pelo Fluminense, passando depois por clubes como Guarani e Portuguesa,  onde atuou durante 4 anos.

O atacante diz ser muito grato a Ourinhos: “Foi onde me despertou o sonho de ser jogador. Comecei a jogar com o Professor Lone, o qual me ensinou todos os fundamentos. Depois fiquei um tempo jogando na equipe Nova Geração do Professor Puruca.”

Nossa redação foi até ele para uma entrevista exclusiva. Confira:

Redação: Onde você foi descoberto?

Thauan Teixeira: ” Sempre ia jogar em uma quadra de futebol da minha cidade. Montamos times e foi assim quê fui descoberto: um treinador da cidade me viu jogando em um desses jogos e conversou com meu pai me dando oportunidades.”

Redação: O que falaram?

Thauan Teixeira: “Ele falou que queria me treinar. Eu tinha 8 anos de idade e nesse período meus pais estavam se separando. Minha mãe viria para São Paulo e eles optaram por eu morar com meu pai já que tinha sido convidado a jogar em ourinhos e ser treinado pelo professor Lony. Lony foi meu primeiro professor a quem tenho muito orgulhoso. Foi aí quê me apaixonei pelo futebol.  Ele extraiu de mim a vontade de jogar bola de potencializar um dom que eu não conhecia.”

Redação: Conte-nos um pouco sobre sua carreira!

Thauan Teixeira: “Aos 10 anos de idade fui morar em um alojamento e para surpresa dos meus pais tive fácil adaptação. Tinha muito claro minha vontade de ser jogador e, mesmo com pouca idade, consegui me virar bem longe da minha família. Passei por alguns times e cada time quê passei tive boas histórias. Cheguei a passar frio e fome mas todos esses aprendizados me tornaram mais forte e tudo é válido para nosso crescimento profissional.”

Redação: Você já teve decepções?

Thauan Teixeira: “Em muitos momentos na minha carreira tive várias decepções com empresários e clubes. Infelizmente nem sempre as pessoas são justas e quando envolve dinheiro isso fica muito claro. Tive que pedir a Deus muita sabedoria para lidar com essas decepções. Nosso emocional fica muito abalado com tanta injustiça, desde a forma de tratar o atleta até colocar sua dignidade e princípios em jogo. Mas sempre seguir minha intuição e coloquei coloco tudo nas mãos de Deus. Porque tenho a certeza que os planos Dele são perfeitos e agradáveis.”

Redação: Você tem muitos fãs?

Thauan Teixeira: “Sim, demais. Exemplo disso é que meu instagram ultrapassa 25 mil seguidores, fora as milhares de comunidades que divulgam fotos minhas. O carinho dos fãs é muito bom. Nos dias de folga acabo ficando muito nas redes sociais procurando agradar os seguidores que curtem o meu trabalho. Amo os meus seguidores e fãs. Eles me animam e me fazem se sentir importante. Quero fazer bonito para eles. Sou muito a grato a Deus e a eles por acreditarem em mim. É muito bom ser reconhecido pelo que fazemos.”

Redação:  Qual sua opção sexual? Recebe muitas cantadas?

Thauan Teixeira: “Sou hetero. Sim, recebo várias cantadas e elogios. Levo sempre na esportiva e trato todos com muito respeito.”

Redação: O que é Deus para você?

Thauan Teixeira: “Deus pra mim é o ar quê respiro e a Luz quê me guia!”

 

Saiba mais sobre Thauan Teixeira visitando seu instagram: @thauan_09

 

 

 

 

Créditos fotográficos: Divulgação

Assessoria: Michelasi Assessoria de Imprensa

 

 

Brasil vence Mundial Escolar de Futsal com Equipe Masculina do Colégio Amorim

A equipe masculina de Futsal do Colégio Amorim, conquistou hoje o tricampeonato do Mundial Escolar de Futsal, realizado em Rishon Lezion, Israel, onde disputaram com 15 países o título da competição, repetindo o feito de 2016, na Croácia.

“Renovamos o time, mas a qualidade técnica da equipe manteve-se semelhante a que apresentamos em 2016. O Brasil no futsal sempre é o favorito, fator que aumenta a nossa responsabilidade. Com os pés no chão viemos a Israel focados, e o resultado não poderia ser diferente”, explica Vinícius de Morais, técnico da equipe campeã.

Campeão invicto o Brasil passou pela equipe da China (3×0), Turquia (8×2) e Geórgia (22 x 1), na quarta de final venceu a Itália por 8 a 2, disputando a semifinal com a equipe da casa, Israel, que foi derrotada por 6 x 2. Na final da manhã de hoje a equipe brasileira venceu a Croácia por 10 x 0.

” Você ser o melhor do mundo em alguma coisa produtiva, é muito importante em todos os aspectos, motiva alunos e professores e comprova que o trabalho que vem sendo desenvolvido está no caminho certo“, comemora Hélcio Oliveira, diretor do colégio que está acompanhando a equipe.

Informações: http://www.colegioamorim.com.br