Ana Eliza Bussolo aproveita tarde no Morro das Pedras em Florianópolis

Natural da cidade de Fortaleza, a atriz cearense Ana Eliza Bussolo aproveito o tempo da tarde dessa segunda-feira (02/07) para dar um passeio turístico pelo Morro das Pedras, localizado na cidade de Florianópolis.

O local fica perto da Praia do Campeche, considerada uma comunidade nativa e chama atenção do público devido as pedras que cercam o local.

A atriz de “Cúmplices de Um Resgate” mudou-se recentemente para a cidade e decidiu que só retornará a São Paulo para questões de trabalho. 

Foto: Divulgação

Rodrigo Tardelli protagoniza websérie capixaba

Após se tornar um dos nomes mais conhecidos no universo webséries independentes brasileiras, o ator Rodrigo Tardelli desembarca hoje em Vitória, no Espirito Santo, para protagonizar a trama “Vidas Reversas”, produzida pela produtora de audiovisual independente, NAWEB Produções. Além dele, quem também integra o elenco é a atriz Priscilla Pugliese, que virá no final do mês para as gravações.

Os atores capixabas Giovanna Gomes, Jéssica Zanotelli e Marcelo Monteiro, são os proprietários da NAWEB desde a criação em 2018. A paixão pela área resultou na formação da produtora de conteúdo que busca gerar produtos que possam oferecer ao público formas claras de contribuição para a melhoria do coletivo, a partir de diferentes temas e problemáticas sociais vivenciados por qualquer tipo de faixa etária. 

O primeiro projeto da produtora recebe o nome de “Vidas Reversas” e abordará temas como relacionamento abusivo e machismo. A trama conta a história paralela de dois casais de protagonistas, um jovem – para indicar como se estabelece o padrão abusivo – e um casal maduro, onde o caos já se faz instalado.

Rodrigo Tardelli viverá o protagonista Samuel Dantas na websérie. “A construção do Samuel tem muito gostosa, ele é um personagem da paz, tranquilo, estudioso, algo bem zen. Diferente de tudo que já fiz até então nas webséries até hoje. Apesar de bem resolvido em algumas coisas tem um grande conflito interno, e ele terá que saber lidar com esse sentimento, resumindo, é um cara muito do bem”, conta o ator sobre o personagem.

O ator ainda completa sobre as expectativas para as gravações: “As expectativas são as melhores possíveis, de conhecer a galera, ver como eles são, como trabalham, de entrar nessa jornada nova, me deixa bem encantado e cheio de energia, quero contribuir com o máximo que eu puder”, afirma.

Foto: Divulgação

Utilizar tijolinhos é uma boa opção para decorar os ambientes

Cada vez é mais comum as pessoas se adaptarem as tendências de decoração nas suas residências, seja para deixar o ambiente mais aconchegante ou descontraído. Uma tendência que vem ganhando força é a decoração de tijolinhos nas paredes dos cômodos. A utilização do tijolinho se tornou mais versátil recentemente com as novas variações que foram introduzidas no mercado. Especialistas explicam qual o melhor momento e dicas para deixar as paredes do jeito que você quiser.

A diretora comercial da Romanzza Recreio, Darlene Manhente, explica que os ambientes indicados para utilizar os tijolinhos são: cozinha, sala de jantar, quarto, banheiro, área gourmet, essa tendência pode ser incluída em qualquer cômodo, que ficará lindo e deixará o ambiente charmoso e convidativo.

Os materiais indicados para usar são os polidos, rústicos com colorações diferentes. Pode ser utilizado de diversas maneiras para imprimir diferentes sensações, na amarração, variação da junta, seca, frisada ou cheia. Utiliza-se também maciço nas paredes de alvenaria e casquinhas de tijolos é o que explica o engenheiro civil da Help Reformas, Lucas Sátiro.

Para quem deseja realizar um trabalho rápido, sem sujeita e econômica, vale a pena utilizar os papéis de parede, adesivos em 3D, tijolinho de isopor, que são ótimas opções, já que são práticos de fixarem na paredes e dão um efeito visual semelhante aos tijolos. Outra opção são as casquinhas de tijolinho ou os tijolos de demolição que podem ser fixados na parede como um revestimento. Nesse caso, o resultado final é bem mais realista e causam um efeito mais rústico do que a cerâmica.

Em cômodos rústicos o ambiente fica em evidência e contemplam os tijolos aparentes e madeira na decoração. Uma combinação excelente para criar um clima acolhedor, garantindo espaços mais leves, modernos e naturais.

Nos cômodos modernos que perfeitamente combina com o rústico pode ser usado uma mistura de estilos, trazendo um pouco da pegada industrial com o que há de mais moderno.

Já nos clássicos os tijolinhos são mais naturais e com aparência de antigo, os quais bem decorados com móveis clássicos fazem uma bela dupla nas decorações.

Nos ambientes minimalistas usa-se poucos móveis, destaca-se as paredes de tijolinhos, deixando uma sobriedade no cômodo, usando ambiente claro, no caso do tijolinho ele é usado pintado em cores claras acompanhando o estilo.

Fotos de divulgação Romanzza Recreio e Help Reforma

Mira Studio são projetos da Help Reforma

Designer Thaiane Moreira é da Romanzza Recreio

MOB apresenta novidades do seu verão 2020

A MOB, marca de moda feminina, apresentou suas novidades de verão 2020 durante encontro no showroom da marca. As equipes de marketing, estilo e os representantes do departamento comercial de todo o país irão conhecer os detalhes das duas coleções cápsula que compõem a temporada: Resort e Life Print by MOB.

Resort é a coleção cápsula de alto verão da MOB e dessa vez traz a proposta de ‘Estar aonde o sol brilha’. A linha apresenta peças de tecidos leves e tons claros, com um toque fresh e tropical, sem perder a sofisticação. Estampas florais são combinadas aos tons de bege, marrom e verde, misturados a linhos e rendas, mix que oferece leveza a vestidos fluídos, pantalonas, saias, shorts, blusas e croppeds. A linha complementa a coleção de verão 2020 da marca, clicada no Quênia e que traz a atriz global Camila Pitanga como estrela da campanha.

Em parceria com a ONG AMPARA Animal, a coleção cápsula Life Print by MOB destaca a beleza do animal print das onças-pintadas e reverte recursos para garantir a preservação da espécie. A colab conta com 15 peças, entre vestidos, t-shirts, regatas, pantacourts e shorts. O total arrecadado irá beneficiar o NEX – No Extintion, instituição localizada no estado de Goiás, na manutenção de recintos para onças em cativeiro e também na reconstrução de um espaço voltado para a reabilitação de animais que serão reintroduzidos na natureza. O evento contou ainda com a participação de Marcelo Dib, CEO da MOB, e Pamela Mariano, Diretora de Branding, que apresentaram os detalhes de cada uma das coleções, referências de estilo e as ações para o verão 2020 da marca.

Foto: Divulgação

Guilherme Acrízio aposta em revelação do mundo fashion para renovar o visual

Sempre antenado nas tendências da moda, o ator, DJ e produtor Guilherme Acrízio tem renovado a cada temporada seus looks. Dessa vez Guilherme apostou em novidades para a temporada com assinatura do stylist e designer João Pedro, uma das revelações do mundo fashion.

João Pedro atualmente com 23 anos, é designer de estampas da Farm. Apaixonado pela música dos anos 80 e revela que uma das coisas que mais gosta de fazer é ir em brechós para se inspirar. Muito autêntico na hora de escolher seus looks, também que tem o hábito de customizar todas as peças.

Guilherme Acrízio conta porque escolheu as criações do designer para renovar o guarda roupas: “Ele não tem uma inspiração específica, mas anda sempre atento às tendências. Focado no seu trabalho autoral, usa seu Instagram para dar dicas, mostrar várias técnicas de customização e ainda indicar brechós por todo Rio de Janeiro. Portanto achei que seria ótimo usar peças criadas pelo João Pedro, e que combinam com minha personalidade e estilo”.

Reprodução /MF Press Global

Professor Edgar Abreu ensina a realizar sonhos através do empreendedorismo



Normalmente quando somos crianças, e paramos para pensar o que vamos ser quando crescer, sempre chegamos a profissões como médico, professor, veterinário, astronauta, esportista, arquiteto, engenheiro etc.

Essas influências são frutos do meio que vivemos, das informações que temos, muitas vezes profissões espelhadas em nossos pais ou até em filmes, desenhos etc.

Bom, como sabemos, poucos desses sonhos se tornam realidade. Muito pelos desafios encontrados, mas principalmente porque com o tempo a vida vai nos abrindo novos caminhos, apresentando novas oportunidades que nos faz mudar os rumos, as decisões, os sonhos.

Com o Professor Edgar Abreu não foi diferente. O título de professor ele ganhou aos 18 anos de idade, quando foi convidado para lecionar Física e Química em uma escola pública no interior de Goiás. Lá, em meio a uma infância pobre de uma cidade com aproximados vinte mil habitantes, como ele mesmo costuma dizer: “o pó de giz contaminou seu sangue”.

Para a sociedade o título de professor veio somente 6 anos após, quando ele se formou em licenciatura em matemática e à partir dai passou a ter novos sonhos, como o de ser professor da PUCRS, instituição de ensino que se formou.

Na metade da faculdade já foi possível ver que o sucesso financeiro nem sempre está alinhado aos desejos profissionais. Ter uma vida bem-sucedida financeiramente trabalhando como professor, era algo quase que utópico na realidade Brasileira. Por esse motivo procurou concurso público, não para ficar rico, mas para garantir uma estabilidade. Realizou concurso do Banrisul, onde trabalhou por 7 anos, desligando-se em 2009.

Mas porque se desligar? Como disse, com o tempo novas oportunidades vão surgindo e portas que desconhecemos aparecem em nossas vidas como opção. Pedir demissão de um concurso público, com plano de carreira, realmente não é uma tarefa fácil, mas para quem tem um perfil de empreendedor a estabilidade pode tornar as emoções instáveis. Foi assim com Professor Edgar, que mesmo trabalhando no banco descobriu a sua vocação para lecionar. Mas calma ai, não estava falando de empreender? Sim, mas para o professor Edgar Abreu (repito sempre a titulação de professor porque é assim que ele gosta de ser lembrado), empreender foi uma consequência de lecionar.

“Comecei dando aula, quando vi tinha muitos alunos que queriam estudar somente comigo, criei uma empresa, que deu certo, cresceu, com o tempo, tinha muitos alunos, muitos funcionários, trabalhava como um empreendedor, gestor, administrador, mas no fundo, sempre fui apenas um professor.”

Em 2009 o professor criou a empresa Edgar Abreu Certificações, uma empresa de ensinava gerentes de banco e profissionais do mercado financeiro sobre investimentos, preparando os mesmos para prova de certificações financeiras, uma exigência do mercado. Em dois anos já era conhecido com maior referência na área e um dos maiores especialistas do mercado financeiro.

Em 2011 fundou, junto com mais dois sócios, a empresa Casa do Concurseiro, focada em educação online, mas para concurso público, preparando alunos para serem aprovados em provas e assumirem cargos públicos e que também virou uma das referências nacionais na área.

Legal, sucesso profissional, mas e o sucesso pessoal? Sabe aquele sonho dele de dar aula na PUCRS? Então, ele foi mais além. Em 2016 ele se tornou parceiro da PUCRS oferecendo consultoria em educação online, plataforma e marketing, criando na instituição um projeto responsável por praticamente dobrar o número de alunos de uma instituição com mais de 70 anos em apenas 3 anos. Além disso, o modelo criado pelo professor Edgar Abreu e sua equipe foi reconhecido pelo mercado de educação como o mais disruptivo nos últimos anos, praticamente foi reinventado a maneira de fazer e oferecer cursos de pós-graduação online.

Mas esse não foi o maior sucesso de sua carreira, segundo ele, o ápice aconteceu em 2017, quando realizou a venda das suas duas empresas para o UOL Edtech, uma empresa do grupo UOL, um dos maiores grupos econômicos do país. Segundo Edgar:

“O sucesso não está em gerar valor e sim conseguir convencer as pessoas de que seu negócio tem valor. Isso só é possível quando alguém está disposto a assinar um cheque e pagar por ele! Foi o que aconteceu no meu caso!”

Hoje ele é um empresário reconhecido no mercado financeiro e de educação online, bem-sucedido financeiramente, realizado profissionalmente e que está começando um novo negócio aos 37 anos. Seus planos é ser a referência nacional em educação financeira no país.

“Sempre ajudei e ensinei o profissional do banco e do mercado financeiro a como orientar melhor e atender melhor seus clientes. Explicando cada produto, perfil, riscos, investimentos etc. Me tornei a maior referência nisso. Hoje eu quero um desafio maior, quero ensinar os clientes desses meus alunos, clientes dos bancos a chegarem melhor preparados para poder discutir com o gerente de mesmo nível, ajuda-los a ter uma educação financeira melhor e não ficar somente na mão do banco, pois infelizmente, nem todos profissionais ou instituições agem ou praticam o correto, mesmo tendo o conhecimento, as vezes esbarram em interesses pessoais e financeiros.”

Continuar empreendendo, essa é a porta que abriu para o Professor Edgar Abreu e que ele não conhecia quando era crianças. Crianças não sonham em ser empreendedoras, mas a vida nos ensina que os sonhos mudam, as escolhas também, mas o sentimento e desejo em conquistá-los são únicos.

São novos e grandes desafios, mas para quem já conquistou tudo que ele alcançou, em tão pouco tempo, será que alguém é capaz de duvidar que ele vai conseguir novamente? 

Saiba mais sobre o Professor Edgar Abreu através do Instagram: instagram.com/prof.edgarabreu



Lorran Ruiz muda vida de jovens com conteúdos on-line



Se você é nativo da internet, já deve ter ouvido falar nas intermináveis opções profissionais que tomaram a cabeça do jovem depois que ele se deparou com uma verdade inquestionável: O modelo de vida estudar, concluir ensino médio, passar na faculdade e trabalhar em um emprego estável nem sempre é factível quando os rumos da economia não vão bem. Além disso, a grande maioria dos jovens que conseguem a proeza de um emprego CLT, se descobrem infelizes, situação muito diferente do que imaginavam com a promessa de seus pais. Lorran Ruiz é uma das pessoas que definitivamente encontrou uma alternativa para essa situação problema.


Hoje, essa geração desacreditada se perde em um mar de informações, promessas de pessoas menos bem-intencionadas que seus pais, e sentem a necessidade latente de um curador que apresente resultados mais próximos aos que ambicionam e que também sejam mais efetivos na comunicação que um professor universitário por exemplo.


A verdade é que essa tarefa não é fácil. O ato de tornar comum uma mensagem, envolve uma gama de peculiaridades entre o emissor e o receptor. A identificação é uma delas. E poucos são os jovens que levam a sério a missão de levar as informações que valem uma vida milionária.


Menos ainda são os Jovens que conseguem, através da identificação, subverter a lógica da mente de outros jovens medianos, que aponta desesperadamente para a necessidade de gastar seu escasso dinheiro com combos alcoólicos na vida noturna e acabam sendo refém de tanto conteúdo pseudo-gratuito na hora de investir em uma alternativa válida para o seu futuro mais próximo. Não percebem que perdem também dinheiro e energia ao converter todo esse esforço que muitas vezes não leva a nenhum lugar.


Pouco a pouco Lorran muda a concepção de jovens que hoje conseguem enxergar que a admiração não deve se limitar com a inspiração, eles precisam do tempo e da atenção de quem consegue as informações que podem mudar suas vidas, mesmo que paguem para ouvir quem pode usar o próprio exemplo para ensinar a gerar resultado.


Mas o que diferencia o conteúdo de Lorran Ruiz de outros possíveis gurus da internet? Primeiro ao seguir seu perfil nas redes, fica bastante claro o compromisso que assume ao disponibilizar sem rodeios seus conhecimentos em ações práticas e ajudar decisivamente nas tomadas de decisão de seus negócios.

O segundo fator é sem dúvidas uma das histórias mais únicas do brasil: Aos 13 anos, atingiu uma monetização acima da média dos profissionais adultos da internet com suas páginas e seu site através do que hoje chamamos no marketing digital de Growth Hack. Aos 16 em faliu devendo 70 mil ao banco. E esse ano, com 22 anos, através de uma técnica chamada Dropshipping, atingiu sua independência financeira faturando até 2 milhões por mês com sua empresa. E hoje tem o propósito de passar essa técnica para potenciais vencedores que o acompanham.


Não por acaso, um de seus melhores bordões é “ quem chega primeiro bebe agua limpa”. Através das informações privilegiadas de um ciclo de pessoas notáveis conseguiu se adaptar aos desafios que surgiram em sua vida. Justamente por isso, em suas redes recria esse mesmo ambiente, para que as pessoas ao seu redor que não sabem como chegar na agua primeiro possam fazer o mesmo que ele fez.

Siga Lorran Ruiz no Instagram: https://instagram.com/lorranruiz



Dr. Bruno Lage defende a importância do acompanhamento médico para um atleta



Para se tornar um médico do esporte é preciso, antes de qualquer coisa, gostar desta área. Não basta apenas ter um dos requisitos, é um conjunto. Assim como qualquer profissão, esta também tem suas dificuldades, e é preciso saber lidar bem com elas.

De acordo com o médico Dr. Bruno Lage, que atende alguns jogadores do Clube Cruzeiro é preciso estar por dentro de tudo que envolve o esporte. “O médico de esporte tem que entender o dia a dia do atleta e aprofundar sobre o esporte dedicado por ele. É importante levar o atleta ao seu maior alto nível e prevenindo contra futuras lesões”, explica.

Atletas de alto nível normalmente tem mais as recomendações médicas e buscam fazer tudo aquilo que estiver ao alcance para que possam voltar às práticas do esporte, diferente de um “atleta de final de semana”. “Os atletas profissionais respeitam mais os tratamentos, pois têm uma urgência maior de retorno rápido. Claro que tudo depende de uma excelente relação Médico Paciente”, e o Dr. Bruno Lage defende muito esse laço! ( os atletas na Grande maioria das vezes não estão lesionados e vem em busca alta performance com ajuda de fitoterápicos naturais, vitaminas, minerais e uma dieta personalizada)

Entretanto, os atletas, sejam eles profissionais ou amadores, que não respeitam as recomendações médicas podem sofrer sérias conseqüências. “O atleta que não segue as orientações médicas pode ter queda da performance esportiva, ganho de peso e até lesões necessitando ficar afastado muitas vezes por longo período de tempo. “  alerta .

Por esta razão é importante ter um acompanhamento médico, sempre que se pratica um esporte. É preciso, antes de começar, saber das aptidões para um determinado esporte, ter conhecimento das condições cardíacas e físicas. Depois é preciso manter o contato médico com o intuito de prevenções através de exames laboratoriais e diete . “Primeiramente é preciso escolher um médico que tenha especialidade e experiência no manejo com atletas amadores e profissionais. Ter acompanhamento é fundamental para se trabalhar com prevenção e caso a lesão ocorra para que tenha o retorno o mais rápido possível e com segurança”.

O Dr. Bruno Lage esclarece algumas dificuldades, como por exemplo, o acompanhamento mais rotineiro devido ao grande período de treino e competições do atleta ao longo do ano.


Siga o Dr. Bruno Lage no Instagram: instagram.com/drbrunolage



‘Não use a crise financeira como desculpa para não entrar em forma’, diz coach e diva fitness

Devido a crise financeira, muitos podem alegar que o obstáculo entre o corpo dos sonhos e a realidade é a falta de dinheiro para investir em um acompanhamento nutricional. E agora, o que fazer?

A coach e diva fitness Gabi Lubies revela que é possível se aproximar mais do objetivo mesmo em tempos de falta de grana: “não é por não ter dinheiro sobrando que você não pode adotar algumas atitudes desde já e iniciar um processo de mudança visando a melhora de sua saúde. Obviamente o melhor seria se pudesse ter algum profissional te orientando, mas até que isso seja possível, mude já”. 

Gabi fez uma lista com algumas ações que podem fazer a diferença, colocando você em um caminho mais saudável de rotina e alimentação:

Mais saladas e vegetais, menos comida ruim

Aumente o consumo de salada, legumes e vegetais. Inicie a alimentação comendo esse tipo de nutriente, para que eles deem saciedade e faça com que os demais alimentos sejam ingeridos em menor quantidade.

Quantidade não é qualidade

Diminua a quantidade nas porções das refeições. Se antes você comia 03 colheres de arroz, por exemplo, passe para duas. Faça isso em especial para as porções dos carboidratos.

Evite frituras

Substituta frituras por preparos mais saudáveis: assados, cozidos, in natura.

Diminua os industrializados

Diminua a ingestão de refrigerantes, bebida alcoólica, fast food e de açúcar. Comece restringindo esse consumo para uma ou duas vezes na semana e vá diminuindo conforme for sentindo mais confiança. Troque as sobremesas, pelo menos durante a semana, por uma porção pequena de fruta ou gelatina sem açúcar.

Seja moderado

Até o alimento dito como “saudável”, “fit”, “light”, precisa ser ingerido comedidamente. Nada em demasia é bom, então não saia comendo grandes quantidades de nada só porque temos menos gordura, menos açúcar. Isso pode ser inclusive um tiro no pé, tenha cautela!

Faça atividades físicas

Fazer exercícios aumenta a queima do gasto calórico.  Então pratique atividade física para melhorar os seus resultados, qualquer uma que seja de preferência. Escolha a que mais lhe agrada e pratique com habitualidade. Quanto maior a frequência, maiores serão os seus resultados.

Hidrate-se

Beba água, hidrate-se! E beba água durante todo o dia, desde manhã, até a hora em que for deitar. Ande com uma garrafa de água para ajudar a lembrá-lo de beber.

Seja a sua motivação

Se você conseguir seguir essas sugestões básicas, mudará aos poucos seus hábitos e sentirá ainda mais vontade de procurar um profissional de nutrição para potencializar ainda mais os seus resultados, pode apostar.

Quando a gente começa a se cuidar, a ver os pequenos resultados, vamos nos motivando a melhorar a cada dia, às vezes o que precisamos é apenas um empurrãozinho pra começar. Seja a sua própria motivação.

Contrate um profissional

Apesar do aperto financeiro, coloque como prioridade marcar uma consulta com um profissional qualificado em um futuro próximo. Lembre-se que gastos com saúde e nutrição são na verdade investimentos em uma vida com mais qualidade, com um corpo sadio e bonito, o que também eleva mais a autoestima.

Fisioterapeuta passa em 8 concursos públicos e dá dicas de como chegou até o topo

Fisioterapeuta passa em 8 concursos públicos e dá dicas de como chegou até o topo

Passar em concurso público é uma tarefa difícil que requer muito empenho e dedicação. Porém, o sonho e a esperança de conquistar uma vaga nos órgãos públicos leva vários candidatos a estudarem horas e horas diariamente. Renata Amorin, por exemplo, era fisioterapeuta quando decidiu estudar para concurso. Aos 24 anos, a profissional foi aprovada em seu primeiro certame. “Antes de passar no meu primeiro concurso, exercia minha função de fisioterapeuta, meio período, e no restante do tempo estudava para o concurso de agente da Polícia Federal", explica. 

A aprovação teórica saiu logo em seguida, porém, durante o teste físico Renata reprovou na prova de natação. “Essa decepção não me fez desistir. Isso foi o que me motivou ainda mais a continuar estudando", afirma a servidora. 

No decorrer dos anos, a concursada se dedicou e foi aprovada em mais três concursos na área de segurança pública, mas sempre tem o "queridinho". "O da Polícia Civil de Goiás foi o mais interessante pra mim, ainda mais por conta da proximidade que teria com minha família que, a maioria, é de Goiás".   

Atualmente, Renata está com 32 anos e já foi aprovada, no total, em oito concursos públicos, porém, ainda não está no cargo em que deseja. "Tomei gosto pelo estudo, nunca parei de estudar e por isso vou continuar, até porque agora quero uma vaga na Secretaria de Fazenda", diz confiante. 

Dicas para quem quer resultado

A principal motivação que fez Renata se dedicar aos estudos foi a decepção com o mercado de trabalho em sua área de fisioterapeuta que tinha a remuneração extremamente baixa. "Eu tinha que trabalhar 12 horas por dia, pra ganhar metade do salário oferecido pra um servidor público da carreira policial, por exemplo", afirma. 

O estudo pra concurso é a dedicação, desgaste e abdicação que você tem que ter de várias coisas, e colocar na cabeça que será um desgaste temporário. "Se você está durante anos estudando e não conseguiu nenhuma aprovação, tenta rever a maneira como você está estudando, métodos de estudos, etc. Porque motivação, dedicação e foco são necessários para a aprovação de um concurso", explica Renata. 

O principal objetivo da servidora, atualmente, é poder contribuir e ajudar outras pessoas também a conquistarem uma cadeira em um órgão público e não desistirem do sonho. O que contribuiu para que Renata passasse em 8 concursos, foi aproveitar aulas do IMP Concursos que, na época, ela havia procurado para conseguir atingir o objetivo. "As matérias que eu não sabia e que tinha mais dificuldade, eu fazia no cursinho. E, com certeza, me ajudou a chegar onde queria e ser uma servidora pública", finaliza.