Tirulipa, Rita Cadillac, Celso Zucatelli, Reinaldinho da Bahia e Sonia Abrão marcam presença em evento no Grande ABC

A 21ª Convenção Nacional Sono Quality reuniu dezenas de celebridades e mais de 500 colaboradores

Aconteceu no último final de semana em São Bernardo do Campo, região do Grande ABC, a 21ª Convenção Nacional Sono Quality. Com o tema “Volta ao mundo”, o palco do CENFORPE contou com diversas atrações, homenagens e interações que envolveram um grande número de colaboradores e convidados.


No seu primeiro dia, o evento contou com palestras focadas em vendas e prospecção. Ciro Bottini, um dos maiores nomes em vendas do Brasil, apresentou aos convidados uma palestra voltada para a área de vendas. Já o conselheiro empresarial e mentor de empresários e gestores comerciais, Marcelo Caetano palestrou sobre prospecção.


Um dos momentos mais emocionantes da Convenção foi à apresentação do Coral Cordeirinhos de Deus formado por crianças carentes da Igreja Evangélica Arca da Aliança do Jd. Canhema em Diadema apresentou ao público uma versão da canção conhecida mundialmente “We are the World”.


Na condução do evento, um dos nomes mais respeitados do jornalismo nacional, Fatima Turci ex-apresentadora da Record News e jornalista do grupo Estado de São Paulo, foi a Mestre de Cerimônias. O segundo dia do evento teve início com uma palestra motivacional realizada pelo empresário, palestrante e autor de best seller Roberto Shinyashiki.


Passaram pelo palco da convenção celebridades como Sonia Abrão, Dalcides Biscalquin (Rede Vida), Celso Zucatelli, e os chefes em ação Leonardo Roncon e Fernando de Oliveira falando da importância da empresa do Grande ABC na economia nacional. Para premiar a equipe com maior número de vendas, Rita Cadillac subiu ao palco com o troféu para os vencedores, exibindo sensualidade e mostrando o que “é bom para o moral”.


A tarde teve início com o show de StandUp Comedy do comediante Tirulipa, que durante 90 minutos fez os mais de 500 convidados rirem do começo ao fim. “Um dos maiores nomes do humor no Brasil, no palco da nossa festa. É um orgulho muito grande ver esta festa linda, de uma empresa do Grande ABC para o mundo”, comentou emocionado Ricardo Eloi, presidente da empresa.


Grupos de dança folclórica Chinesa e Africana se apresentaram, remetendo os convidados ao tema principal da convenção. Para fechar com chave de ouro e enaltecer a cultura brasileira, o cantor Reinaldinho da Bahia que fez parte do grupo Terra Samba também subiu ao palco para embalar a todos com os clássicos, “Liberar Geral”, “We are Carnaval”, “Carrinho de mão” entre tantos outros hits.


A próxima Convenção já tem data marcada, será nos dias 09 e 10 de janeiro de 2020.

Confira algumas das fotos:

Conheça Laís Gomes a slimer número 1 do Brasil

O que motivou a blogueira mirim a se aprofundar no universo “slime” foi o bulling sofrido na escola.

O mercado do slime, um tipo de massa de modelar que pode ser enfeitada com diferentes cores e purpurinas, não mostra sinais de que vá perder seu apelo grudento entre as crianças. “Artesãos” de slime no YouTube, por exemplo, ganham status de celebridade – com alguns conquistando centenas de milhares de seguidores. 

Laís Gomes tem apenas 13 anos de idade e é considerada a slimer número 1 do Brasil. Com milhares de seguidores, vídeos bombando semanalmente nas redes e no canal oficial da adolescente, a jovem dedica sua jornada diária entre o colégio, as atividades extra curriculares e a paixão ao universo slimer. Além de gravar vídeos para o seu canal Power Slimes by Laís, hoje com mais de 16 mil inscritos, ela também organiza festas onde ensina outras crianças a fazer e personalizar seus próprios slimes em casa. Parte de seu sucesso é creditado aos seus mais de 46 mil seguidores no Instagram. 

Mas nem tudo foram flores coloridas no caminho de Lais. A imersão ao mundo slimes, deu-se por conta do apoio que a mãe e empresária Andréia Gomes deu a filha no momento que ela descobriu que sofria bulling na escola. Sempre estudiosa e de frente para a vida, a jovem estudante, fala fluentemente quatro idiomas (alemão, inglês, espanhol e portugês) e dedica-se também a construção da marca Power Slimes, no shopping Morumbi Tower, onde possui a mega store da loja. 

Mais do que uma massa de modelar colorida, os slimes possuem propriedades psicologicas (estimulando o lúdico e o desenvolvimento cognitivo) dos clientes, propriedades pedagógicas (como deixar a criança mais tempo sem o uso do celular e trabalhar a criação em grupo e a interatividade coletiva) entre outros.

Laís Gomes é uma empreendedora nata, hoje capitaliza recursos com os workshopps que realiza na Power Slimes, grava os vídeos e ainda se prepara para os encontros com os seguidores em todo o país. “O Slime ajudou muito minha filha, de vítima de bulling para uma grande empreendedora. Hoje ela ministra as palestras e participa de presença VIP em todo o Brasil.” comenta a mãe e administradora da carreira e das empresas Andrea Gomes. 

Lais pode ser considerada a mais jovem empresária do Brasil,visto que as lojas Power Slimes levam muito de sua essencia e clientes que assistem seus videos em seu canal na internet. Abdicar dias de lazer para ensinar crianças, não é uma dificuldade para a youtuber, que não abre mão dos estudos e consegue conciliar tudo com harmonia.  Dezenas de celebridades usam seus produtos e seguem as suas dicas especiais. 

No último final de semana, a youtuber recebeu na Power Slimes no Shopping Morumbi, centenas de crianças e adolescentes, onde realizou mais um workshopp. 

www.powerslimes.com.br

Projeto Político Militar ganha notoriedade e Seminário agendado para Outubro

O Projeto Político Militar (PPM), surgido no Espírito Santo e que rapidamente tem emergido nas notícias recentes, em razão do aproximar das eleições de 2020, apresentou nesta semana, em 02 de setembro, as diretrizes que nortearão a escolha dos pré-candidatos a Prefeito e Vereador no ES que serão apoiados pelo Projeto. A iniciativa é de todas as associações da classe militar no ES: ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo), ASSES (Associação de SubTenentes e Sargentos da PM e BM do Espírito Santo), ASPOMIRES (Associação dos Militares da Reserva, Reformados, da Ativa da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar e Pensionistas de Militares do Estado do Espírito Santo), ABMES (Associação dos Bombeiros Militares do Espírito Santo) e ASSOMES (Associação dos Oficiais Militares do Espírito Santo).

Segundo o Presidente do PPM, Tenente Coronel Wagner, cada uma das cinco associações indica dois representantes para formar a diretoria do Projeto, que também conta com um consultor e estrategista externo para acrescentar um olhar de uma perspectiva política, técnica e civil às propostas e planos que irão desenvolver. A representatividade das associações não se confunde com uma pauta classista, mantida pelas associações de forma independente das aspirações do PPM, tampouco ideológica ou politicamente alinhada com um partido específico. O Presidente do PPM nega a participação de qualquer político como responsável pela organização ou qualquer vínculo de influência, nem dependência, com figuras ou partidos políticos existentes. A recente expansão dos militares no cenário político nacional e estadual não torna aqueles que foram eleitos ou que se destacaram nas eleições patronos ou atrelados ao Projeto exposto pelas associações da classe militar. O movimento é apartidário porque é compreensivo, parte dos militares, mas é feito para toda a sociedade, com vista a contemplar sua diversidade e, especialmente, os seus valores mais importantes.

Nisso se destaca o argumento de que não acreditam que “tiro, porrada e bomba” resolvam os desafios da segurança pública e colocam esta bandeira ao lado da bandeira da qualidade de vida. Nesta linha, o Projeto pretende encampar com os políticos que conseguir eleger ações estratégicas que fazem uso da sua experiência atendendo o público em suas horas de maior necessidade e agir conforme o anseio da sociedade, que prometem ouvir sem filtros ideológicos.

Vários políticos demonstraram interesse no apoio dessa iniciativa e estão abertas inscrições para obter este apoio até 05 de outubro, na sede da ASPOMIRES, quando será realizado um seminário para discutir os próximos passos do Projeto e a organização de plebiscitos para confirmar pré-candidatos, conforme as diretrizes que já apresentaram. O PPM não exclui a participação de civis, mas anunciou sua preferência por cidadãos emersos da sua classe em razão dos valores em que confiam na sua formação, na disciplina, experiência e disposição inata de sacrifício pelo bem público. Aqueles militares que já têm mandato ou já tiveram mandato, seja lá de que partido vierem, poderão ser incluídos nas aspirações do PPM, desde que estejam de acordo com suas diretrizes e estratégias.

Com viés social, fórum debate, em São Paulo, jornalismo que cria laços, com presença de executivos do Google, Twitter e Facebook

“Os jornalistas atingem milhões de pessoas e podem fazer a diferença na sociedade “, explicou Tatiana Caneloi, gerente de marketing e comunicação da Casa Hope, no final do Fórum de Jornalismo Regional e Comunitário, realizado no início do mês, ao comentar a importância da participação da entidade no evento. “Apresentar aos formadores de opinião a causa do apoio biopsicossocial às crianças e jovens com câncer foi uma oportunidade especial e ficamos sensibilizados com a acolhida dos participantes”, completou a executiva da entidade que recebeu 300 quilos de produtos não perecíveis, da lista de necessidades da entidade, como alimentos e fraldas, que valiam como ingresso.

Promovido pela plataforma Negócios da Comunicação e pelo Cecom – Centro de Estudos da Comunicação, o evento ocorreu na Unibes Cultural, com a presença de cerca de 370 pessoas. O 2º Fórum de Jornalismo Regional e Comunitário teve a participação de marcasse nomes conhecidos da imprensa, da comunicação digital e do setor público e debateu A Comunicação que cria laços, focando nas práticas jornalísticas com viés social.

Durante um dia inteiro, editores e repórteres de veículos de comunicação, blogueiros, influenciadores digitais e comunicadores em geral puderam conhecer e debater as melhores práticas e plataformas para se produzir e disseminar um jornalismo engajado. Representantes do Facebook, Twitter e Google ensinaram as melhores formas de usar essas plataformas para divulgar notícias e torná-las relevantes em seus segmentos. Representantes da sociedade civil também apresentaram inciativas da prática de jornalismo cidadão, com projetos da periferia da cidade, e outros especialmente voltados para a realidade no interior do Estado.

Os executivos destacaram que boa parte dos veículos de imprensa ainda não usa todos os recursos disponíveis nas novas plataformas para tornar o jornalismo mais dinâmico e as relações com seus públicos mais engajadas. Com isso, é possível acreditar que o negócio possa se reinventar e manter-se imprescindível e sustentável.

Participaram do evento vários jornalistas que deram suas contribuições a partir de temas bem atuais. Entre eles, destacam-se Carlos Aros, diretor de Conteúdo da Jovem Pan News; André Azeredo, apresentador do SP no Ar, da Record TV; Cíntia Moreira Gomes, cofundadora e editora da Agência Mural da Periferia; Aline Origuela, gerente de Jornalismo da TV Tem Sorocaba; Aline Pagnan, coordenadora das edições online do Jornal da Região, de Jundiaí; Ana Maria Coluccio, editora do jornal São Paulo Zona Sul; Filomena Salemme, especialista em podcast e professora; Jeferson Martinho, diretor do Portal Visão Oeste, de Osasco; e Ubirajara de Oliveira, fundador e publisher do Jornal da Gente.

Tatiana Caneloi, da Casa Hope, agradece doações feitas durante o Fórum de Jornalismo na Unibes Cultural. Foto: Egydio Zuanazzi / Negócios da Comunicação

O evento também contou com executivos que apresentaram as tendências do setor, entre os quais Gustavo Poloni, diretor de parceiras de notícias do Twitter para a América Latina; Maíra Carvalho, gerente de parcerias estratégicas de mídia do Facebook; Rafael Corrêa, Head de Comunicação do Google Brasil; João Jabbour, diretor de redação do Grupo Cidade – Jornal da Cidade de Bauru, o JCNet e a rádio 96FM; Marcelo Santos de Moraes, professor da Faculdade Cásper Líbero e consultor; e José Carlos da Rocha, presidente do Fórum Democracia na Comunicação.

Entre os educadores e autoridades convidadas, o Fórum recebeu Carlos Costa, professor do Programa de Mestrado em Comunicação da Cásper Líbero; Marco Antônio Sabino de Souza, secretário Especial de Comunicação da Prefeitura da Cidade de São Paulo; José Geraldo de Oliveira, professor da Unip e consultor da TV Cultura; Cleber Mata, secretário de Estado da Comunicação do Governo do Estado de São Paulo; e Antônio Assiz, coordenador do curso de Jornalismo da Universidade Cruzeiro do Sul e sócio da produtora de vídeo Aramá Comunicações.

O evento foi encerrado com uma palestra de Eugênio Bucci, jornalista e professor titular da ECA-USP, sobre o tema Por que o Brasil precisa da imprensa – mais do que nunca e, contou, ainda, com uma homenagem à Associação Nacional de jornais, ANJ, pelos seus 40 anos de fundação.

INSTITUCIONAL CASA HOPE
Entidade 100% filantrópica, a Casa Hope apoia crianças e adolescentes no tratamento do câncer e transplantados de medula óssea, fígado e rins. A entidade oferece gratuitamente apoio para melhorar as condições físicas, psicológicas, sociais e educacionais visando a garantir a continuidade dos atendimentos de apoio durante o tratamento. Criada em 1996 por Claudia Bonfiglioli e pela advogada Patrícia Thompson, a Casa Hope está instalada hoje, em sede própria, no Planalto Paulista, Zona Sul de São Paulo, com 198 leitos
Atualmente, a entidade realiza eventos comemorativos e ações com a comunidade local para levantar recursos. Nessas ações, a participação dos voluntários é fundamental para o sucesso da empreitada. Levantar recursos é um dos desafios da Casa Hope, ao lado do acolhimento dos pacientes e famílias que lutam contra uma das doenças mais cruéis que atingem milhares de crianças e adolescentes no País.

Visite o site da Casa Hope – www.hope.org.br.
Endereço: Alameda dos Guainumbis, 1027, Planalto Paulista.
Tel.: 11 5056.9700.