André Melo integra elenco do primeiro filme infantil 3D brasileiro e de grandes produções na TV

Poucos atores podem dizer que consta em seus currículos tantos projetos nacionais e internacionais como André Melo (47) , que está em plena atividade no cinema e TV. O ator já recebeu prêmios nacionais e internacionais por alguns de seus trabalhos, inclusive no Festival de Cinema de Berlim, participou de produções fora do Brasil termina 2019 com grandes planos e estreias para 2020.

André Melo faz parte do elenco do primeiro longa infantil filmado em 3D no Brasil: Pluft o fantasminha, que promete entrar para a história do cinema nacional por ser o primeiro do gênero concebido integralmente com a tecnologia. Trata-se de uma adaptação para o cinema da clássica peça de teatro escrita por Maria Clara Machado em 1955, que já havia sido transformada em filme em 1965 e minissérie em 1975.

De modelo Internacional a ator de cinema

Antes de se tornar ator, André Melo era um modelo de sucesso e trabalhou para a marca Calvin Klein em Milão, na Itália, até os 23 anos de idade: “precisei voltar para o Brasil e servir o exército compulsoriamente por um ano, o que interrompeu minha carreira como modelo, que durou 4 maravilhosos anos”.

André já estudava teatro desde a época do colégio, antes de se tornar modelo e com o retorno ao Brasil manteve sua paixão pelas artes cênicas viva, assim como seus estudos: “me tornei modelo porque fui descoberto através de um agente internacional, o que me abriu portas na Europa, mas muito antes disso já estudava teatro. Como voltei ao Brasil, passei a me dedicar ainda mais e estudei no CAL (Centro de Artes das Laranjeiras) e com os mestres como o diretor William Vita. Daí então começaram a aparecer trabalhos para mim como ator em produções nacionais e de lá pra cá nunca mais parei”, conta.

Andre Melo e Vladmir Brithca/Reprodução / MF Press Global

André se tornou um rosto conhecido do grande público ao longo dos anos por suas participações em diversas novelas da Rede Globo, como Malhação, Deus Salve o Rei, Regra do Jogo, Eta Mundo Bom, Rock Story, Sol Nascente e Liberdade Liberdade. O ator já contracenou com os maiores nomes da dramaturgia nacional como Tony Ramos, Vladmir Britcha, Mateus Solano, José Loreto, Alexandre Nero, Gabriel Braga Nunes, Lázaro Ramos e Giovana Antonelli.

Cinema e mais

O ator fez parte do elenco do premiado longa “Pacificado”, produção espanhola do diretor Paxton Winters, que estreou em setembro deste ano e ganhou a Concha de Ouro de San Sebastian e está com diversos projetos que devem estrear ainda este ano. Além de Pluft, o fantasminha, estará no filme nacional Resistir para Começar, com Felipe Roque e Junior Provesi, que aborda a temática do preconceito com o público LGBT. Além disso, contracenou com Maria Fernanda Cândido no longa italiano “El Tradittore”, que foi premiado em Cannes.

O ator também tem participado bastante do universo das séries. André está no ar pela Globoplay com “A Divisão”, sucesso de crítica e público e participou de inúmeras outras séries como Mister Brau (Globo), Impuros (Fox), War on War (produção Norte Americana no Brasil) e está filmando a série Homens, dos vencedores do Emmy, a equipe criativa Porta dos Fundos, em parceria com o Comedy Central, onde contracena com Fábio Porchat, um dos principais expoentes do humor nacional: “me sinto um privilegiado por poder estar presente em tantas produções relevantes. Tenho grandes expectativas para o que vem a seguir e estou muito animado. Tenho certeza que ainda há muito para contribuir com a dramaturgia nacional e internacional”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *