Leve a natureza para a sua sala e cozinha

A busca por ambientes que tenham o aspecto da natureza está em alta no mundo da decoração. Pensando nisso, a arquiteta Lívia Quintella através da mistura do estilo rústico com a natureza insere o toque de aconchego e leveza para a sala e cozinha permitindo muito mais personalidade no espaço.

“A pegada rústica trouxe através da mesa e buffet com a madeira de demolição e o revestimento em tijolinho. Já a ligação com a natureza vem com a implementação do tom verde mais fechado e com a brincadeira de pintar a porta de azul para ressaltar a tonalidade da madeira. O perfil desse projeto é para clientes que goste de natureza”, explica a profissional.

Para intensificar o clima de aconchego, o projeto visou sobretudo levar elementos pessoais do cliente através do letreiro em neon escrito “wanderlust” que tem um significado muito especial para a dona do apartamento.

No projeto de Lívia Quintella a iluminação tem grandes funcionalidades: trazer foco para a estante de espelho com metalon através da iluminação direta e levar um rasgo de iluminação para a sala através da forma indireta. 

Foto: Raiana Medina 

O suicídio é culpa da humanidade

Por Luca Moreira.

Sem dúvidas, uma das maiores doenças e sofrimentos da sociedade em seu período atual é  a depressão,  que leva muitos ao suicídios,  e tem sido classificada como a segunda maior causa de morte no mundo inteiro e a quarta no Brasil. Muito se é levantado sobre  o que leva uma pessoa a querer tirar a própria vida. Porém, já pararam para pensar que ao mesmo tempo que nos questionamos diante dos fatos apresentados, a negligência humana pode ser um dos maiores equívocos para o aumento desses casos com nossos jovens? Que a sua atitude e reação podem ser os responsáveis por salvar alguém que esteja entre a linha limite entre a vida e o abismo?

De acordo com uma publicação feita pelo Estado de São Paulo em setembro de 2018, a cada 45 minutos, um brasileiro comete um atentado contra sua própria vida, já no mundo, a situação é ainda mais alarmante, com um suicídio a cada 40 segundos. Mas o que será que está causando isso?

O ato do suicídio é considerado por suas vítimas como um experimento de alívio, pois ao acreditarem que são culpadas por todos os seus problemas em relação ao mundo, possuem a visão de que encontrarão na morte uma saída para suas frustrações. Nos minutos que antecedem esse ato, o pensamento dos portadores desse sentimento, passam por uma queda de autoestima, acreditando que não são bem-vindas ao mundo e que por isso são consideradas “desentendidas”.

Caso você encontre alguma pessoa passando por problemas que agravem um quadro de depressão ou comportamentos suicidas, é recomendado auxilia-lo com cautela, direcionando-o para uma ajuda psicológica. O CVV (Centro de Valorização da Vida), também disponibiliza o número 188 para quem precisar de um aconselhamento ou apenas de alguém para conversar.

As mídias para o bem e para o mal:

A série de ficção “13 Reasons Why”, produzida orginalmente pela Netflix, retrata um processo importante de ser entendido em relação ao suicídio: essa decisão não é imediata, e sim, ela vem de um grande acúmulo de situações e experiências que perseguem a vida dessa vítima.

Sena da segunda temporada de “13 Reasons Why” (Reprodução/Netflix)

Ainda esse ano, na Malásia, uma caso foi compartilhado entre os internautas, em que uma menina de 16 anos, realizou uma enquete em seu Instagram, onde perguntou aos seus seguidores se ela deveria se matar ou permanecer viva, e cerca de 69% das respostas, foi optando a levá-la ao suicídio, que aconteceu pouco depois da postagem.

 Para que possamos acabar com essa epidemia, e mais importante, preservar a vida humana, é necessário que cada pessoa se solidarialize e esteja disposta a ouvir aquele que está próximo, pois grande parte dessas vítimas não foram acudidas no momento em que estavam pondo a própria vida em risco.

Muitas vezes, por estarem cercados de uma tecnologia que tem uma presença excessivamente ativa, as mídias digitais acabam por possuir bastante influência na vida dessas pessoas, seja de forma conscientemente ou inconscientemente, e assim fazendo uma apologia a deepweb. A comunidade virtual tem o seu lado atraente e o seu lado obscuro.

Um caso muito conhecido em janeiro de 2013, foi o fenômeno “Baleia Azul”, que surgiu em uma rede social da Rússia, onde jovens eram orientados a se atormentarem psicológica e fisicamente, onde o seu destino final seria a morte forçada. Esse caso foi responsável por aproximadamente 100 casos de suicídio pelo mundo inteiro. No Brasil, o fenômeno teria deixado vítimas nas regiões de Mato Grosso, Minas Gerais, Bahia, entre outras regiões. Por um outro lado, no começo deste ano, o Instagram e o Facebook, liberou uma função onde a busca por assuntos relacionados ao suicídio, agora estão sendo protegidos pelo Instagram. Sempre que forem pesquisados, uma “ajuda” é oferecida às pessoas que possam supostamente estar passando por esses problemas. O aplicativo oferece ajuda como recursos de conversar com um amigo, contatar a central de valorização da vida e até mesmo dá dicas de como fazer para aproveitar a sua vida ao máximo.

Sobre Luca Moreira:

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista. Fundado em dezembro de 2017 e lançado em janeiro de 2018, após o ano novo, o site Luca Moreira, estilizado apenas como “LM”, foi o ponto alto onde tudo passou a se desenrolar e o primeiro projeto original e criado por conta própria. No início, ele foi pensado apenas para ser um formato de sites de entrevistas somente, seguindo o conceito do blog CJ Martim em São Paulo, mais para manter o público crescendo, o projeto teve de se expandir e buscar parcerias. Hoje em dia, o site também tem função pessoal em poder aplicar as técnicas que fui desenvolvendo na faculdade.

O poder da sua aparência

Imagem é fundamental, seja para conquistas pessoais ou profissionais, o que você expressa através da sua aparência faz diferença. Diante disso, a contratação de uma consultoria de imagem é fundamental. Muito mais do que ter conhecimentos em moda, o especialista ajudará a construir um estilo que represente dentro da sua personalidade suas principais e melhores características. 

O mercado é vasto e os ganhos podem variar de R$ 200, a hora de um personal shoper, por exemplo, a R$ 1.500, a consultoria em uma empresa. Sophia Marins, consultora de imagem da “Power Couple” Taty Zatto e líder do City Circle Rio de Janeiro, que representa a Associação Internacional de Consultoras de Imagem (AICI), acredita que uma imagem vale sim, mais do que mil palavras. 

Você é formada em publicidade, correto?! Como você começou a sua carreira de consultora de imagem? 
Sou formada em Comunicação Social e Imagem é Comunicação. Bacharel em Publicidade, onde já aprendia o que as cores transmitiam inconscientemente para a marca como o vermelho e amarelo do MC Donald’s por exemplo. Como é uma profissão nova, hoje vejo que sempre estudei “Imagem” sem saber. 

Para você qual a importância da consultoria de imagem? 
Imagem é tudo. Quando você sai de casa, já comunica a todos muitas coisas sobre você sem falar absolutamente nada, chamamos de comunicação não verbal e depois disso tudo é analisado assim como a comunicação verbal, comportamento, ética, civilidade, respeito, tudo isso é inconscientemente subtraído pela mente e montando uma reputação sobre você. 

Como surgiu a oportunidade de entrar para a AICI?!
Como no Brasil não temos a graduação de Consultoria de Imagem, a Associação Internacional de Consultores de Imagem nos ajuda a aprender cada vez mais, fazer networking no mercado e elevar o conhecimento e a credibilidade de cada Consultor de Imagem. Ali você encontra profissionais como você no mundo todo. 

Você passou pelo processo para conseguir a certificação reconhecida mundialmente. Como foi?
Não foi fácil, mas foi muito gratificante. O dia em que vi que passei em todos os requisitos pulei em casa de felicidade. É muita dedicação, estudo, disciplina e muito trabalho. Mas ser parabenizada por pessoas que criaram a Consultoria de Imagem do mundo todo, em sua super humildade e ser reconhecida por elas, realmente é a hora que você pensa: uau, valeu a pena. 

O que você faz dentro da AICI?! Quais são suas responsabilidades?
Sou líder do City Circle Rio de Janeiro com mais duas consultoras: Karina Nunes e Priscilla Bello. O City Circle representa a AICI no Rio de Janeiro. Montamos a programação na cidade para Consultores de Imagem membro AICi e para não membros também. O objetivo sempre é elevar o conhecimento do consultor de imagem, além da união e networking para quem sabe um dia conseguirmos uma formação de verdade no Brasil. 

Você vai escrever um livro, correto?! Me conta sobre esse trabalho?! Como surgiu a ideia? Será sobre qual tema? 
Eu fiz um artigo científico sobre como a Imagem influência no mercado de trabalho, desde a entrevista de emprego, até se manter ou não dele. Comprovei no artigo que quase 90% das demissões no Brasil é devido ao comportamento inadequado, ou seja, Imagem. Esse comportamento pode ser na empresa, fora da empresa ou até mesmo na internet. Comprovei também que é “Legal”, ou seja, é permitido por lei essa demissão, pois os 13 itens de demissão por justa causa entram no universo da Imagem Pessoal. Acredito que no futuro a solução para isso, seria uma matéria no último período de todos os cursos de graduação sobre “Gestão de Imagem Profissional”, só assim os profissionais sairão preparados. Fui chamada para escrever sobre isso dentro de um livro de RH que o lançamento está previsto para final de 2019. 

Algo mais sobre a sua carreira que você queira nos contar?
Todo lugar que passo tento plantar uma sementinha para conscientizar a importância da nossa profissão. Muitas pessoas acham que é Moda e muitas adolescentes saem do segundo grau querendo ser consultoras de Imagem e escolhem fazer Moda. Na verdade, a Moda é um pontinho estratégico dentro do universo da Imagem Pessoal. Estou com alguns projetos de implantar a graduação no Brasil. Essa profissão nova (pois quantas profissões temos o prazer de ter as pessoas que criaram vivas ainda?). Apesar de nova, não para de crescer e o Brasil necessita muito dessa nova profissão. Muitas vezes em uma entrevista de emprego, uma pessoa é escolhida devido a ter o comportamento mais acessível do que aquelas que transmitem mentes fechadas, é muito mais fácil fazer cursos e treinamentos técnicos a alguém que não tem conhecimento técnico do que mudar o comportamento difícil de um profissional. Assim como em uma entrevista de emprego, se não estiver adequada na comunicação do seu vestuário, o entrevistador pode automaticamente bloquear tudo que você vai falar, mesmo com muito conteúdo. Se conseguirmos implementar nos últimos períodos de todos os cursos de graduação “Gestão de Imagem Profissional”, já vejo muitas melhorias para o mercado de trabalho no Brasil.

Foto: Taiza Guimarães

Pink Lash oferece descontos a clientes que participarem de Campanha do Agasalho

O inverno chegou com força neste mês de julho no Brasil. Depois de registrar a madrugada mais fria do ano entre sábado (6) e domingo (7), com média de 6,5ºC, e alguns bairros com temperaturas abaixo de zero, ocasionando a cinco mortes na Grande São Paulo.

Pink Lash / MF Press Global


Em vista disto, em uma ação solidária, a Pink Lash criou uma campanha para todo esse mês de julho, que historicamente costuma ser o mais frio do ano, para ajudar pessoas que se encontram em situação de rua, incentivando seus clientes a doarem roupas e cobertores em bom estado em troca de descontos nos procedimentos estéticos.

Pink Lash / MF Press Global

A CEO da Pink Lash, Samara Martins fala sobre a iniciativa: “queremos de alguma forma ajudar essas pessoas que se encontram em um momento difícil de suas vidas e precisam de agasalhos e cobertores para enfrentar as baixas temperaturas da estação, não apenas em São Paulo, mas em todos os estados e cidades em que temos presença. Basta doar um agasalho ou cobertor em qualquer uma das unidades da Pink Lash e ter descontos de até 30% nos nossos serviços”. 

Pink Lash / MF Press Global


Celebridades como Gracyanne Barbosa, dona das lojas de Ipanema e Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, Fernanda Lacerda, a Mendigata, dona da loja de São Bernardo/SP e Monick Camargo, ex participante do reality A Fazenda, Monick Camargo, franqueada de Goiânia são embaixadoras da Pink Lash e participam com suas lojas franqueadas desta campanha.

Pink Lash / MF Press Global

5 dicas de Gabriel Queiroz para escolher o filmmaker certo para o seu casamento

Na hora de escolher um profissional são muitas as opções e possibilidades, o que pode tornar o processo longo e extremamente cansativo. O filmmaker é o profissional responsável por eternizar cada momento do grande dia do casal e, por isso, é preciso ser bem criterioso. Logo, o momento da busca e contratação da equipe de filmagem merece toda a sua atenção. Mas como acertar na escolha?
.
Para ajudar você nessa difícil decisão, o filmmaker Gabriel Queiroz, um dos principais filmmakers do Brasil e criador do We Go Film, traz cinco dicas fundamentais para ser assertivo na escolha de um profissional para fazer o filme do seu casamento. Acompanhe:

1. O importante é que emoções eu vivi

O filme é muito importante porque através dele será possível reviver aqueles momentos especiais e o amor declarado dos noivos, as lágrimas, os detalhes do vestido, e a emoção de todos os presentes. Escolha um profissional que demonstre ser capaz de entender e captar essas nuances, que tenha a sensibilidade para com esses momentos e te faça ao rever o video lembrar-se do sentimento envolvido. Vale pedir aos profissionais para caprichar nos momentos não planejados também.

2. Conheça a qualidade do produto final

Conhecer o estilo de cada um dos profissionais e identificar aquele que mais lhe agrada é essencial para ter um bom filme e que reflita a identidade do casal. Pesquise bem o trabalho dos profissionais. Antes de fechar com qualquer um deles, procure conhecê-lo.

3. Não Jogue dinheiro fora

Faça uma avaliação profunda de  quanto você está gastando ao todo com o casamento, e qual percentual disto será destinado aos profissionais de foto e filmagem. É melhor investir um pouco mais em um profissional qualificado e que te agrade do que pagar mais barato em outro que não gostou tanto e não irá entregar o resultado esperado. Sua satisfação com o produto final será menor ao contratar um filmmaker mais barato que você não tenha se agradado tanto, o que vai te dar a impressão de que gastou muito dinheiro e não valeu a pena, que jogou dinheiro fora.

4. Saiba o que você está contratando

Antes de assinar o contrato, saiba exatamente o pacote que esta sendo finalizado. Leia os pormenores do contrato, pergunte, e deixe claras as suas expectativas, para que o profissional faça o orçamento com base no que você precisa e possa te entregar o que você realmente quer.

5. indicações podem ser muito bem vindas 

Recomendações de pessoas em quem você confia podem ser muito úteis na hora de escolher um filmmaker. Contratar profissionais que foram altamente recomendados pode trazer mais tranquilidade para os noivos.  No entanto, jamais contrate um profissional somente por conta da indicação. Pesquise também sobre ele no Reclame Aqui e nas suas redes sociais.

Anna Layza conquista público infantil, bate Felipe Neto e alcança mais visualizações em vídeo

A youtuber brasileira Anna Layza tem se destacado entre os influenciadores digitais do segmento infanto-juvenil e conquistou mais um feito inédito.

Dentre os canais do youtube brasileiro dedicar a este público, ela agora alcançou a marca de ter vídeo mais assistido de todos os tempos, com 90 milhões de visualizações, atingindo mais visualizações até mesmo que os youtubers Felipe Neto e Lucas Neto, que tem no seu vídeo mais assistido 60 milhões de visualizações.

Conhecida como ‘Rainha Uni’, Anna Layza tem uma legião de fãs ao redor do mundo. Com mais de 6,7 milhões de inscritos em seu canal ‘Hi Gorgeous Anna Layza’, a youtuber comunica com o seu público em uma linguagem que aborda o mundo mágico dos unicórnios e a alegria de ser criança. 

O vídeo, retrata uma brincadeira promovida por Anna Layza com um iPhone gigante dentro de uma piscina. Assista o vídeo em: https://www.youtube.com/watch?v=xscQ8H9sxhQ&feature=youtu.be

Modelo dá 10 conselhos de moda masculina para estar sempre bem vestido

É notório que o público masculino tem se preocupado cada vez mais com o visual e com as tendências da moda para o dia-a-dia, seja para trabalho ou para sair, causar boa impressão e em outros momentos de lazer.

Por isso, direto do mundo fashion e das passarelas, o modelo Eduardo Rodrigues traz 10 conselhos de estilo para homens que querem sempre estarem bem vestidos, em todas as ocasiões: “É preciso estar preparado. Sempre saia de casa pronto para conquistar e demonstrar confiança”.

Confira as dicas de Eduardo Rodrigues e acerte na escolha:

1- Tenha camisetas básicas 
Para se vestir bem não é preciso ousar o tempo todo. Um dos segredos para não errar no visual é usar peças simples e neutras. Por isso é indispensável que você tenha uma ou duas camisetas simples, que servirão como coringa tanto em composições casuais e até com trajes formais.

2- Vista-se de acordo com a ocasião 
Existe um tipo de roupa adequado para cada ocasião (trabalho, shopping, academia). Portanto escolha suas roupas com sabedoria. O bom senso é o melhor aliado nesta hora.

3- Atente-se aos detalhes
Uma dobra na manga, uma camisa com gola diferente, uma gravata descolada, um jeans com lavagem mais moderna, sapato ou tênis com detalhes diferentes. Capriche nos detalhes, pois eles farão toda a diferença no seu visual e na percepção que os outros terão de você. 

Reprodução / MF Press Global

4- Invista em uma boa calça jeans 
Apesar da grande variedade de modelos e cores disponíveis, o melhor e optar pela calça de corte reto, que seja condizente com as medidas do seu corpo, ajustada e proporcional.

5- Aposte no calçado 
Tenha um calçado para cada tipo de ocasião. O sapatênis é para eventos mais comuns, o sapato social para trabalho, tênis esportivos para corridas, academia e atividades ao ar livre.

6- Use o tamanho das roupas corretos para você 
A dica é nem muito grande nem muito apertado. Procure usar o tamanho certo para que o seu visual fique bem agradável. Isso certamente te valorizará.

7- Invista em acessórios  
Componha seu look com alguns acessórios, seja um bracelete, um cordão, um cinto e até mesmo um chapéu que deixa o visual mais interessante.

8- Invista em peças atemporais 
Em oposição às tendências, há algumas peças atemporais (como jaquetas de couro, militar ou um blaser preto bem cortado) que não envelhecem. Tenha esses coringas à sua disposição sempre que precisar, pois combina com quase tudo.

9- Saiba identificar o seu tipo físico 
Tenha consciência do seu formato corporal. Seja você alto, baixo, magro, plus size, vista-se de acordo com o seu corpo, com roupas que favoreçam o seu biotipo.

Reprodução / MF Press Global

10- Barba, cabelo e bigode
Faça um corte de cabelo de acordo com o formato do seu rosto, de acordo com os preceitos do visagismo. Use pomada modeladora ou fixador para deixar o penteado como desejado. Atente -se à barba e deixe-a do jeito que preferir, mais cuide dela, isto é, passe loção, condicionador e o que for preciso para ela ficar bonita.

Utilizar tijolinhos é uma boa opção para decorar os ambientes

Cada vez é mais comum as pessoas se adaptarem as tendências de decoração nas suas residências, seja para deixar o ambiente mais aconchegante ou descontraído. Uma tendência que vem ganhando força é a decoração de tijolinhos nas paredes dos cômodos. A utilização do tijolinho se tornou mais versátil recentemente com as novas variações que foram introduzidas no mercado. Especialistas explicam qual o melhor momento e dicas para deixar as paredes do jeito que você quiser.

A diretora comercial da Romanzza Recreio, Darlene Manhente, explica que os ambientes indicados para utilizar os tijolinhos são: cozinha, sala de jantar, quarto, banheiro, área gourmet, essa tendência pode ser incluída em qualquer cômodo, que ficará lindo e deixará o ambiente charmoso e convidativo.

Os materiais indicados para usar são os polidos, rústicos com colorações diferentes. Pode ser utilizado de diversas maneiras para imprimir diferentes sensações, na amarração, variação da junta, seca, frisada ou cheia. Utiliza-se também maciço nas paredes de alvenaria e casquinhas de tijolos é o que explica o engenheiro civil da Help Reformas, Lucas Sátiro.

Para quem deseja realizar um trabalho rápido, sem sujeita e econômica, vale a pena utilizar os papéis de parede, adesivos em 3D, tijolinho de isopor, que são ótimas opções, já que são práticos de fixarem na paredes e dão um efeito visual semelhante aos tijolos. Outra opção são as casquinhas de tijolinho ou os tijolos de demolição que podem ser fixados na parede como um revestimento. Nesse caso, o resultado final é bem mais realista e causam um efeito mais rústico do que a cerâmica.

Em cômodos rústicos o ambiente fica em evidência e contemplam os tijolos aparentes e madeira na decoração. Uma combinação excelente para criar um clima acolhedor, garantindo espaços mais leves, modernos e naturais.

Nos cômodos modernos que perfeitamente combina com o rústico pode ser usado uma mistura de estilos, trazendo um pouco da pegada industrial com o que há de mais moderno.

Já nos clássicos os tijolinhos são mais naturais e com aparência de antigo, os quais bem decorados com móveis clássicos fazem uma bela dupla nas decorações.

Nos ambientes minimalistas usa-se poucos móveis, destaca-se as paredes de tijolinhos, deixando uma sobriedade no cômodo, usando ambiente claro, no caso do tijolinho ele é usado pintado em cores claras acompanhando o estilo.

Fotos de divulgação Romanzza Recreio e Help Reforma

Mira Studio são projetos da Help Reforma

Designer Thaiane Moreira é da Romanzza Recreio

MOB apresenta novidades do seu verão 2020

A MOB, marca de moda feminina, apresentou suas novidades de verão 2020 durante encontro no showroom da marca. As equipes de marketing, estilo e os representantes do departamento comercial de todo o país irão conhecer os detalhes das duas coleções cápsula que compõem a temporada: Resort e Life Print by MOB.

Resort é a coleção cápsula de alto verão da MOB e dessa vez traz a proposta de ‘Estar aonde o sol brilha’. A linha apresenta peças de tecidos leves e tons claros, com um toque fresh e tropical, sem perder a sofisticação. Estampas florais são combinadas aos tons de bege, marrom e verde, misturados a linhos e rendas, mix que oferece leveza a vestidos fluídos, pantalonas, saias, shorts, blusas e croppeds. A linha complementa a coleção de verão 2020 da marca, clicada no Quênia e que traz a atriz global Camila Pitanga como estrela da campanha.

Em parceria com a ONG AMPARA Animal, a coleção cápsula Life Print by MOB destaca a beleza do animal print das onças-pintadas e reverte recursos para garantir a preservação da espécie. A colab conta com 15 peças, entre vestidos, t-shirts, regatas, pantacourts e shorts. O total arrecadado irá beneficiar o NEX – No Extintion, instituição localizada no estado de Goiás, na manutenção de recintos para onças em cativeiro e também na reconstrução de um espaço voltado para a reabilitação de animais que serão reintroduzidos na natureza. O evento contou ainda com a participação de Marcelo Dib, CEO da MOB, e Pamela Mariano, Diretora de Branding, que apresentaram os detalhes de cada uma das coleções, referências de estilo e as ações para o verão 2020 da marca.

Foto: Divulgação

Guilherme Acrízio aposta em revelação do mundo fashion para renovar o visual

Sempre antenado nas tendências da moda, o ator, DJ e produtor Guilherme Acrízio tem renovado a cada temporada seus looks. Dessa vez Guilherme apostou em novidades para a temporada com assinatura do stylist e designer João Pedro, uma das revelações do mundo fashion.

João Pedro atualmente com 23 anos, é designer de estampas da Farm. Apaixonado pela música dos anos 80 e revela que uma das coisas que mais gosta de fazer é ir em brechós para se inspirar. Muito autêntico na hora de escolher seus looks, também que tem o hábito de customizar todas as peças.

Guilherme Acrízio conta porque escolheu as criações do designer para renovar o guarda roupas: “Ele não tem uma inspiração específica, mas anda sempre atento às tendências. Focado no seu trabalho autoral, usa seu Instagram para dar dicas, mostrar várias técnicas de customização e ainda indicar brechós por todo Rio de Janeiro. Portanto achei que seria ótimo usar peças criadas pelo João Pedro, e que combinam com minha personalidade e estilo”.

Reprodução /MF Press Global